Conheça a importância da Colonoscopia Diagnóstica e Terapêutica - Multigastro

Conheça a importância da Colonoscopia Diagnóstica e Terapêutica

Dr Josue

 

Um dos principais serviços oferecidos pela MultiGastro a seus pacientes é a realização da Colonoscopia (Diagnóstica e Terapêutica), tanto para adultos quanto para crianças. De acordo com o médico Josué Santos, o exame tem como principal objetivo o diagnóstico e o tratamento precoce do câncer de cólon e reto, segundo tipo de câncer com maior incidência entre mulheres e o terceiro entre homens no Brasil.

O endoscopista Josué Santos explica que com o passar dos anos, a colonoscopia vem avançando muito em função do treinamento médico e da qualidade dos equipamentos. “Isso torna os diagnósticos das lesões mais precisos, já que a segurança do exame é muito grande. Antigamente, a colonoscopia era tida como um tabu, mas hoje em dia isso não existe mais, nem para adultos nem para crianças, tornando mais fácil a prevenção do câncer de cólon e reto ”, observa.

O médico da MultiGastro também falou sobre a possibilidade de se realizar uma cirurgia durante a realização da colonoscopia. “No momento em que é identificada uma lesão, o médico pode optar pela ressecção da mesma através de uma cirurgia endoscópica conhecida como polipectomia ou mucosectomia, que é uma técnica bastante efetiva e acontece rotineiramente. O acesso ao interior do cólon e reto é muito seguro, apesar de ser um exame invasivo”.

Para pacientes assintomáticos, a colonoscopia é indicada a partir dos 50 anos, porém caso haja antecedentes de câncer de cólon ou reto na família, os critérios mudam. “Se houver queixas importantes, como alteração de hábito intestinal; sangramento digestivo baixo; eliminação de muco nas fezes ou cólicas abdominais recorrentes, a indicação da colonoscopia é automática, independente de idade”, comenta Josué Santos.

Para a realização da colonoscopia, o paciente deve seguir uma dieta especial, recomendada pelo médico. “O exame, que dura em torno de 30 minutos, é realizado com o paciente sob o efeito de sedação, monitorizado e recebendo oxigênio e uma hidratação venosa. Assim, não sofre nenhum desconforto com a realização o procedimento”, explica Josué Santos.

Share This